quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Insones - Laura Erber

FRONT


 
assim como este leite chegou até esta goela aberta

ultrapassando dentes e saliva

alguns vão morrer rapidamente

rasgados

ou quase nus

intocáveis

como você quase os desejou

na galeria de fotos

não exatamente como eles

sonhavam

quando sonharam

no front

este domingo

allegro

fazendo planos infalíveis

para os movimentos do exército

consumir leite fumo fogo

pornografia barata

morrer

algumas vezes antes

de morrer

definitivamente

ma non tropo
 
 
(do livro "Insones", 7Letras)
 
 
 

Um comentário:

  1. Um belo poema,Laura Erber,muito bom mesmo!

    ResponderExcluir